Empresas no Twitter

Publicado em 20/08/2009 - Categoria: Artigos, Marketing viral

De algum tempo pra cá as empresas - as que valorizam sua presença online - chegaram à conclusão que devem estar presentes também no Twitter, como já estão (possivelmente) no Orkut, FaceBook, etc. Mas acontece que o Twitter é diferente de outras redes sociais.

O primeiro ponto é que o perfil do público do Twitter é bastante diferente do público que freqüenta o Orkut ou o Facebook, pela própria natureza da ferramenta. No Orkut e no Facebook, as pessoas entram para encontrar e interagir com pessoas. Podemos ver algo sobre quem participa, como fotos, etc. Os usuários mais aficcionados entram uma vez (ou algumas vezes) por dia para ver se alguém deixou uma mensagem para ele ou publicou uma nova foto ou outra coisa do gênero. São comunidades voltadas a "pessoas comuns" e que tem um público bem variado - de todas as idades e classes sociais - incluindo pessoas que não tem muita intimidade com a internet ou mesmo com computadores. De certa forma, todos os públicos estão presentes nessas redes.

Já no Twitter entra-se para encontrar informação, não pessoas. Normalmente ficam conectados ao Twitter todo o tempo, pois as informações publicadas são rapidamente substituídas por novas e se não estivermos conectados na hora, elas passam. Para o usuário mediano, acostumado ao modelo clássico de comunidades como as já citadas, o Twitter não apresenta muitos atrativos, essa é a verdade. Mas então qual é o público do Twitter? Na sua maior parte, são o que podemos chamar de "heavy-users", gente acostumada a usar a internet para buscar informações e a estar conectada a outras pessoas em tempo real. Não existe quase nenhuma documentação a respeito, mas trata-se de um público bem específico. Primeiro, quem usa não precisa ir ao site do Twitter pois é possível ler e publicar através de diversos aplicativos ou outros sites - e esse foi, na minha hunilde opinião, o diferencial maior que fez do Twitter o que ele é hoje.

Ok, mas o que significa isso para a sua empresa? Simples, o seu público-alvo muito provavelmente não está representado entre os usuários do Twitter, a não ser em casos específicos que combinem com a natureza do Twitter, como empresas de tecnologia. Então, será que realmente é importante para a sua empresa estar presente no Twitter? Sim!

Estamos falando de gente afccionada em tecnologia e muito antenada no que acontece na rede. É provável que quem usa o Twitter use também RSS e outros mecanismos de busca de informações e é também provável que uma boa porcentagem deles publiquem na rede regularmente, em sites pessoais, sites das empresas em que trabalham ou em outros sites. Os fóruns, que perderam um pouco a força ultimamente (ou estão sendo usados agora para a sua real finalidade...), também estão nessa lista e o público em questão é o que responde às dúvidas. Em outras palavras: essas são pessoas que tem influência e formam opinião quando o assunto é internet e/ou relacionados.

Há uma grande quantidade de usuários descobrindo agora o que pode fazer na internet e essas pessoas precisam de "gente que conheça" para guiá-las por esse novo mundo - esses são (muito provavelmente) os usuários do Twitter. Portanto sim, é importante para as empresas estarem no Twitter, mas é preciso saber como conduzir campanhas, lembrando sempre que estamos falando com o público que nos interessa indiretamente e que uma campanha aqui só será interessante na medida em que as postagens de sua empresa consigam extrapolar os tênues limites do Twitter e acabar em blogs, fóruns, comentários e etc.

Envie seu Comentário