28/05/2012 – Empresas enxergam o potencial dos anúncios sociais do Facebook

Publicado em 28/05/2012 - Categoria: Geral

As empresas estão cada vez mais investindo em anúncios sociais do Facebook,  concluiu um estudo  realizado pela Marin Software. De acordo com a pesquisa, o montante dedicado a esse formato de anúncio quadruplicou no período de março de 2011 a março de 2012, passando de 5% a 23%. Além disso, espera-se que até o final de 2012, os anúncios sociais representem 50% da verba destinada a publicidade do  Facebook.

Diferente das propagandas que possuem formatos tradicionais, os novos anúncios sociais do Facebook (como o recente “SponsoredStories”) utilizam-se do conceito recomendação boca a boca, trazendo a ideia do “social” às propagandas tradicionais. Por outro lado, o custo por clique (CPC) dos anúncios sociais inflacionou, visto que, ao longo dos últimos 12 meses, os preços aumentaram 86%, enquanto o valor dos anúncios tradicionais cederam 15% nesse mesmo período.

O estudo também mostra que os usuários estão interagindo mais com anúncios sociais, com a taxa média de cliques (Click-through – CTR) aumentando 78% nos últimos 12 meses. O desempenho, no entanto, varia de acordo com o local, assim como os custos. Nos Estados Unidos, por exemplo, o Click-through é de 0,06%, enquanto o CPC é U$ 0,50 e o CPM U$ 0,32. Já no Reino Unido, a taxa média de cliques é 0,04%, o
CPC é U$ 0,75 e o CPM U$ 0,27. “Com a introdução das ‘SponsoredStories’ pelo Facebook, no ano passado, duas questões importantes
surgiram: a adoção do novo formato pelos anunciantes e a aceitação por parte dos usuários do Facebook”,diz Matt Lawson, vice-presidente de Marketing da Martin Software. “Baseado em nossos resultados, a resposta para estas questões é extremamente positiva.” No último ano,  os anunciantes têm destinado orçamentos maiores aos anúncios sociais, e os usuários do Facebook reagiram clicando mais vezes. Essa tendência não é vantajosa para o Facebook somente do ponto de vista financeiro, mas também acaba validando as oportunidades que os anunciantes têm de impulsionarem suas receitas por meio de recomendações boca a boca”, completa o executivo.
Fonte: E-Commerce News

Envie seu Comentário