04/07/2012 – Lean Startup – um novo método para o empreendedorismo digital

Publicado em 4/07/2012 - Categoria: Geral

Postado por IAB Brasil em 2 julho 2012 às 10:10

 

O mundo do empreendedorismo digital está sendo sacudido pela metodologia da Lean Startup, que tem no americano Eric Ries seu guru. Lean Startup é um conjunto de estratégias e táticas para testar ideias, serviços, e produtos. Tudo de maneira muito rápida, fácil e sem altos custos. O uso dessas técnicas permite que mais pessoas criem empresas, além de aumentar as chances de sucesso. É possível ter uma ideia e criar uma empresa, testá-la e adaptá-la em tempo recorde, com mínimo risco e recursos. O termo “Lean Startup” pode ser traduzido como “A Startup Enxuta”, ou seja, uma metodologia que recomenda que os empreendedores utilizem seus escassos recursos de maneira mais racional e analítica, testando e tentando provar hipóteses, antes que sejam investidas grandes quantidades de tempo e dinheiro no desenvolvimento e lançamento de novas ideias que talvez o mercado não queira adquirir.

 

A Lean Startup é a organização em um só sistema de diversos outros sistemas e metodologias de criação de produtos e serviço, já utilizadas há muito tempo em áreas como programação (Agile Development). O criador da Lean Startup, o americano Eric Ries, nunca escondeu as fontes de inspiração para seu sistema. E seguindo a tradição do open source, entregou os seus conceitos ao mercado de forma gratuita e nunca impediu que grupos de estudo se formassem, que pessoas espalhassem os ensinamentos da Lean Startup de forma independente. Apesar do nome "startup" o sistema pode ser também empregado no desenvolvimento ou aprimoramento de produtos e serviços já existentes, em pequenas, médias e grandes empresas.

 

Novos produtos e serviços são desenvolvidos, muito tempo e dinheiro são investidos, focus groups são organizados, pesquisas comprovam o potencial de sucesso, e produtos são criados e lançados no mercado, e para a surpresa das empresas, a receptividade e lucratividade não correspondem ao que foi projetado. Isso ocorre basicamente porque pesquisas de mercado e opiniões de consultores não necessariamente refletem o que o mercado, composto de milhares de consumidores, quer. A Lean Startup sugere um método diferente: apresentar ao mercado o produto antes mesmo dele existir, antes de muito tempo e dinheiro terem sido investidos. Medir o real interesse e a reação de reais consumidores antes de qualquer centavo ser investido em real desenvolvimento e produção.  Um dos casos clássicos é da empresa DropBox. Seu fundador criou uma página na web com vídeos e com uma detalhada descrição do produto, exatamente como se o produto já existisse. Mas não havia produto. Era apenas uma ideia. Ele então mediu a reação de reais potenciais consumidores. E concluiu que havia potencial, pois uma grande quantidade de pessoas demonstrou interesse. Só então o empreendedor decidiu então investir tempo e dinheiro. E mais: com o resultado do teste, conseguiu mostrar a potenciais investidores que efetivamente havia interesse na ideia, o que facilitou o aporte de investimentos.

 

Matt Smith, Diretor de Novos Produtos da Shutterstock, durante palestra em Nova York este ano, demonstrou como o método “Lean” pode ser usado em empresas já estabelecidas. Matt impôs a disciplina e metodologia “Lean” ao desenvolvimento de novos produtos da Shutterstock. Por exemplo: diversos departamentos da empresa como Marketing, Vendas Varejo e Vendas Corporativas, solicitam novos módulos, novas características, expansão a novas áreas.  Nem todos os projetos podem ser implementandos. Como escolher? Ao invés de usar o tradicional método de desenvolver o pedido que “aparenta” ser mais interessantes, Matt utiliza todas as ferramentas do método Lean, e expõe novos conceitos a consumidores de verdade, mesmo que os produtos/serviços ainda não existam. Os conceitos Lean já existem em diversas disciplinas e diferentes setores. O Marketing Direto tradicional utiliza há décadas o conceito de Dry Test, onde produtos e serviços que ainda não existem são oferecidos a prospects através de malas diretas, e apenas os vencedores são lançados no mercado. O que a Lean Startup fez foi juntar tudo, aprimorar e adaptar diversos sistemas ao mundo atual.

 

Por Edvaldo Acir, Country Manager da Exponential Interactive e presidente do Comitê de Adnetworks & Adexchanges do IAB Brasil e Andre Bodowski, especialista em Marketing Digital e membro do Comitê de Adnetworks & Adexchanges do IAB Brasil.

 

http://iabbrasil.ning.com/profiles/blogs/artigo-lean-startup-um-novo-m-todo-para-o-empreendedorismo

Envie seu Comentário